29 maio 2009


Olha
como danço
com as papoilas
de pés molhados
na maré cheia...


olha
este meu ar
de vento
e de encanto
porque
em ti
consigo
sentir o mar!


(imagem: Karen Kilimnik)


9 comentários:

Maria disse...

Logo, "em ti consigo dançar"...
na tua maré cheia...

Belo!

Beijo

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

"Não sou como a abelha saqueadora que vai sugar o mel de uma flor, e depois de outra flor. Sou como o negro escaravelho que se
enclausura no seio de uma única rosa e vive nela até que ela feche as pétalas sobre ele; e abafado neste aperto supremo, morre
entre os braços da flor que elegeu."

( Roger Martin)

Passando para de desejar um final de semana com muito amor e carinho.
Abraços do amigo Eduardo Poisl

Paulo - Intemporal disse...

"

de pés molhados na maré cheia

"

gracioso e bel.íssimo.

íssimo beijo meu Ausenda.

uma boa semana!

tossan disse...

A tua utopia nas palavras me fascina! Esta é a prova! Beijo

Maria P. disse...

Olha
como é bonito!

:)Beijinho*

A.S. disse...

Ausenda...

O mar é o fascinio dos poetas!

Beijos...

Anónimo disse...

Pergunta-me
se ainda és o meu fogo
se acendes ainda
o minuto de cinza
se despertas
a ave magoada
que se queda
na árvore do meu sangue.

(Mia Couto)

Contigo sempre o mar... tu és um mar de poesia!

Paulo - Intemporal disse...

ausenda

venho saber de si.

e deixar um beijo e o desejo de um bom fim de semana.

© Piedade Araújo Sol disse...

como com a simplicidade se faz boa poesia.

o mar a inspitaçao de todos os Poetas.

um beij