23 maio 2009


Sem te tocar, onde há vida?
Que deleite, se não fores?
Que língua, sem o teu beijo?
Onde o lugar que me possa ver
Sem o sereno dizer da tua boca!
(imagem: Paula)

9 comentários:

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A Amizade é...
O mais nobre dos sentimentos,
Cresce à sombra do desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce
a cada dia com a compreensão.

Seu lugar está junto ao amor
Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem
ter amigos, porque à amizade,
o mais leve dos cálculos a fere.

Como é um bem reservado aos
eleitos, é o sentimento mais
incompreendido e o pior interpretado.
Não admite sombras nem fingimentos,
rusticidade nem renúncias.

Exige no entanto sacrifício e coragem,
compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.

Com as pequenas coisas
do dia a dia
cresce nossa amizade.
Desejo que sempre seja assim.
(Desconhecido)

Te desejo um final de semana com muitos amigos,amor e paz
Abraços do amigo Eduardo Poisl

A.S. disse...

Ausenda...

Este teu belo poema é um grito de amor, desejo e saudade!...


BjOO"ss

maré disse...

onde se me és pulmão
o sol
o barco
e o caminho

onde?

__ assim o UM em partes
PARTIDO

beijo auseda

Maria P. disse...

Palavras intensas...

Beijinhos*

Paola disse...

perguntas... dúvidas... saudades... ansiedades... desejos... vontades... corpos... vida... onde, amiga, onde?
se o onde não se diz num lugar...

fico por aqui... "no sereno dizer da tua boca".

Beijo terno.

Mário Margaride disse...

Um poema intenso, onde toda a tua alma se manifesta, nestas breves mas sentidas palavras...

Beijinhos...

Mário

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A glória da amizade não é a mão estendida,
nem o sorriso carinhoso,
nem mesmo a delícia da companhia.
É a inspiração espiritual que vem quando você
descobre que alguém acredita e confia em você.

(Ralph Waldo Emerson)

Visite meu novo blogger
UMA ILHA PARA AMAR
http://eduardopoisl.blogspot.com/

Um grante abraço do amigo Eduardo Poisl

Nilson Barcelli disse...

O toque e a boca dizem-nos muitas coisas, mesmo sem falar...

Belas palavras querida amiga. Gostei delas e da foto que escolheste.

Beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
tactear
a pele de um violino
os labios lembram um hino
de beijos, do teu olhar,
,
musicais conchinhas, deixo,
,
*