25 fevereiro 2010

amante de todos os poemas de amor


Como se abrissem janelas
e respirassem vento
ousam os olhos
a calma de um amante
de todos os poemas de amor

Deixem que me embale por eles
(os teus olhos)
Sabendo que na próxima aurora
Serão os meus
Clamando poemas de amor


Tão belos como castelos
onde moram as trovas
de um amor sem trono
amor plebeu…
que se entrega sem permuta
a um poema de amor

Sinto-te tango, arguto,
da dor e da raiva rasgada
sabor cidra que invejo
no suar das folhas
que te escrevem
poemas de amor!


(imagem: Olga Sotto)

18 comentários:

poetaeusou . . . disse...

*
lindo,
,
embalo-me
nos teus poemas,
,
brisas serenas,
,
*

Sonhadora disse...

Lindissimo poema...adorei

beijinhos

Maria disse...

O amor a escorrer-te pela ponta dos dedos... belíssimo!

Um beijo.

A.S. disse...

Lindoooo!
Este poema é para ler, reler e voltar a ler!!!

Beijos Ausenda!
AL

© Piedade Araújo Sol disse...

um belissimo poema de amor, como já nos habituou.

bom fim de semana!

beij

Virgínia do Carmo disse...

Quando os olhos clamam poemas de amor acontece muita beleza e ternura...

Beijinho e obrigada pelo carinho!

gabriela r martins disse...

corro atrás do tempo

porque a saudade do belo também dói

então
,páro
e
DEvorazMENTE
leio.te




.
um beijo

maré disse...

a ousadia de se escrever

o odor que nos agita a pele

a ousadia de amar

_______

beijo ausenda

Breizh da Viken disse...

Olá Ausenda

Amor plebeu
sabor a cidra...

Está um espectáculo de poema! Parabéns

Enriqueço-me com a tua escrita...

beijos

Nilson Barcelli disse...

Magnífico, querida amiga.
Ler poesia como esta é um regalo para os sentidos.
Um beijo.

gabriela r martins disse...

volteios de tango
ou o erotismo poético não totalmente assumido
,mas
deliciosamente camuflado



.
um beijo

Maria Valadas disse...

Momentos tornados únicos ao ler tão bela poesia.

Destaco para o que gravei na alma

"...que invejo
no suar das folhas
que te escrevem
poemas de amor!"

Minha vénia...

Maria

A.S. disse...

Ausenda... é uma delicia ler-te!!!


BeijOOO
AL

Multiolhares disse...

Deixas que possamos abrir as janelas dos castelos e sentir o aroma do amor
beijitos

Nilson Barcelli disse...

Que pena, quase há um mês que não publicas... na falta de novidades, reli o poema e achei-o ainda melhor do que na primeira vez que o li.
Querida amiga, espero que esteja tudo bem contigo.
Bom fim de semana. Um beijo.

pin gente disse...

são belos os poemas de amor!

muito bonito.
abraço

Anónimo disse...

This is my first visit here, but I will be back soon, because I really like the way you are writing, it is so simple and honest

Maria disse...

Espero que esteja tudo bem contigo...

Beijo.