26 abril 2009

Leve e tão...breve


Dança comigo
na música que me canta
extasia o meu rosto no teu
e dança…
Dança no desejo de morder o beijo
em cada instante de ternura
Faz-me leve e tão breve,
quanto o orgasmo dos teus olhos
me sentem mulher dentro de ti
Dança na carne quente, suada
dos compassos dilacerantes
que se fundem nesta dança.
E deste sentir perto o manto cálido
Que me reveste eroticamente
de passos fálicos e obscenos
eu danço continuamente em teus abraços
atordoando os dias e as noites
em cantatas de dança e seda
que me prostram na mágica cadência
do recomeço…!

21 comentários:

casa da poesia disse...

let dance dance dance...non stop!!!!...e per te...

"the flowers are all right"...!?...

Multiolhares disse...

E com magia continua sempre a rodopiar nos braços da paixão´
beijinhos

Maria disse...

"leve e tão... breve" e tão LINDO!

Beijo, Ausenda

Tatiana disse...

Que lindo...
As palavras ao serem lidas vão nos envolvendo na dança!

Um bela semana para o seu rico coração!

Beijos

A.S. disse...

Ausenda...

Há momentos que deviam ser eternos!...


Doces beijos!

Nilson Barcelli disse...

Bela dança, cara amiga.
As tuas palavras são música para os sentidos. Gostei muito.
Boa semana, beijos.

©tossan disse...

Recorres-me a memória,
não adormeces
e nem feche as pálpebras
Enche-me de paz,
harmonia dos amantes
Leve-me para o teu canto,
Quero aprender a tua música
e vamos dançar...
(por tossan)

Beijo

mariam disse...

Ausenda,

fantástica dança.. esta, daspalavrasnumrodopiodesentiresesentidos...

um grande abraço e o meu sorriso (de sempre) :)
mariam

Som do Silêncio disse...

Uma delícia este texto...
Gostei muito!

Mário Margaride disse...

Que maravilha de poema!

Sensual, erótico, intenso...

Beijinhos e uma excelente semana!

Mário

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Ausenda...uma dança feita com muita propridade...harmoniosamente sensual e cheia de compassos...
Você usou muito bem as palavras, elas vão se encaixando perfeitamente...parabéns...
Um abraço na alma

Eduardo Aleixo disse...

É um poema lindo, lindo. Sensual, quente, ardente, musical. É um poema que dança e nos faz dançar e faz dançar dentro da gente espuma, mar, desejo, beijo. Quem sabe como tu assim rimar... o amor merece estar no poema do teu corpo.
Beijinho. Parabens.

natalia nuno disse...

Só de tocar-te a pele
Só de beijar-te os olhos
Só de chamar teu nome

Só de imaginar-te.
Ousa se és verdade
(Rosa L. Faria)

Lindo o teu poema
beijinho

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA AUSENDA, MARAVILHOSO POEMA AMIGA... SIMPLESMENTE ADOREI!!!
BEIJINHOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

maré disse...

dança

dança

dança

até ao orgasmos extenuado dos teus braços

_____

e se assim fosse?!
.
beijo ausenda

Tatiana disse...

Vim apreciar novamente e aproveitar para lhe desejar um belo feriado e um fim de semana maravilhoso!

Beijos com meu carinho

Olavo disse...

Passando para desejar um otimo feriado e final de semana
Abraços

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

O mar me ultrapassa.
Mas ondas haverão de contar
Aos ouvidos que lá pousarem
Que um dia sonhei no mar.

O céu não vai se importar
Quando eu monge de meu hábito partir.
Mas estrelas enquanto restarem
Hão de lembrar
Que um dia me puseram feliz.

A terra , é fato, há de me subtrair.
Mas a árvore que me deitou raiz
E as cores
Que em meu tempo colhi
Estas eu levo comigo
Ninguém há de tirá-las de mim.

Fernando Campanella

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho
Abraços Eduardo Poisl

Paulo - Intemporal disse...

Maio, o primeiro dia, o dia um, um dia, este.

Celebra-SE aquele que tem algo a fazer, ou que há tanto faz [...]

Maio também de Maria, de re.conciliação.

Maio de colher, a semente.

íssimo _______________________________ .

Mar Arável disse...

Abril de novo

no Maio de sempre

António Garrochinhoht disse...

adoro este poema !
parabéns amiga Ausenda !